Le Santé, Saúde

DICAS SOBRE CRESCIMENTO DO CABELO APÓS QUIMIOTERAPIA

22 de setembro de 2017

A queda de cabelo é sem dúvidas um dos problemas que causa mais insegurança e ansiedade nos pacientes quimioterápicos. Algumas drogas utilizadas durante o tratamento favorecem a queda e o enfraquecimento capilar. O recomendado é conversar abertamente com seu  oncologista para que possa ser esclarecida todas as dúvidas e para que o paciente possa se sentir seguro com o tratamento aconselhado para ele e seu tipo de câncer específico.

 

Em alguns casos é possível evitar a queda capilar, atualmente no Brasil já existe uma tecnologia que faz o uso do frio para reduzir a frequência e a gravidade da perda de cabelo durante o tratamento de câncer pois diminui o fluxo sanguíneo na região, o que faz o medicamento chegar até a raiz do cabelo em menor quantidade, preservando as células germinativas do couro cabeludo.

A taxa de sucesso deste procedimento varia de 60% a 100%. É uma tecnologia restrita aos grandes centros de oncologia do país, incluindo o Le Santé.

 

Infelizmente não existe nenhum método para acelerar o processo de crescimento dos fios pois essa etapa varia muito do organismo de cada paciente já que algumas pessoas tendem a ter o crescimento capilar mais acelerado enquanto outras pessoas possuem o crescimento mais lento. Normalmente os primeiros fios começam a nascer 40 dias após o tratamento, podem incluir algumas falhas capilares, neste caso, seu oncologista deverá te encaminhar para um dermatologista especializado que poderá fazer tratamentos com tônicos específicos para cada tipo de pessoa e cabelo.

 

Além disso, você pode estimular o crescimento capilar fazendo massagens diariamente com algum óleo na região do couro cabeludo, estes movimentos estimulam a circulação sanguínea e faz com que seus bulbos capilares sejam ativados. Após essa etapa, é importante sempre proteger a cabeça com chapéus, bonés e lenços para evitar contato direto com os raios solares.