Dúvidas, Le Santé, Saúde

Entenda o que é e como funciona a quimioterapia

16 de fevereiro de 2016
quimioterapia

A quimioterapia é um tipo de tratamento médico que introduz na circulação sanguínea compostos químicos, chamados quimioterápicos, para combater o câncer. A medicação pode ser administrada das seguintes formas:

  • Via oral (pela boca): O medicamento é ministrado em forma de comprimidos, cápsulas e líquidos;
  • Intravenosa (pela veia): A medicação é aplicada na veia por meio de cateter (um tubo fino colocado na veia), na forma de injeções ou diluído ao soro;
  • Intramuscular (pelo músculo): A medicação é aplicada por meio de injeções no músculo;
  • Subcutânea (abaixo da pele): A medicação é aplicada por meio de injeção no tecido gorduroso acima do músculo;
  • Intratecal (pela espinha dorsal): A aplicação é feita no líquor, o líquido da espinha, sendo administrada pelo médico, em uma sala própria ou no centro cirúrgico;
  • Tópico (sobre a pele): O medicamento, líquido ou pomada, é aplicado diretamente sobre a pele.

Esses medicamentos se misturam com o sangue e são levados a todas as partes do corpo, destruindo as células doentes que estão formando o tumor e impedindo que se espalhem pelo organismo.

A quimioterapia pode ser empregada como tratamento isolado ou combinado com radioterapia, cirurgia ou outro procedimento indicado pelo médico, dependendo do tipo do tumor, sua localização e o estágio da doença. O tratamento pode ser realizado durante a internação hospitalar ou em ambulatório, em área especialmente preparada para esse fim.

Os quimioterápicos interferem na capacidade de multiplicação das células cancerosas e podem ter quatro finalidades:

  • Curativa – destruição total do tumor;
  • Adjuvante – prevenção de metástases e recaída do tumor;
  • Prévia ou neoadjuvante – redução do tumor para posterior cirurgia ou radioterapia;
  • Paliativa – melhoria na qualidade de vida e aumento da sobrevida do paciente.

A quimioterapia não causa dor e o paciente só sentirá a “picada” da agulha na pele na hora de puncionar a veia para fazer a medicação. Certos medicamentos podem causar sensação de desconforto, ardência, queimação, placas avermelhadas na pele e coceira. Nesses casos, o paciente deve avisar imediatamente ao profissional que o estiver atendendo.
Fonte: Centro de Combate ao Câncer